vencedores - 2010

Publicado: sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

BorghiErh Lowe – Fusão BorghiErh Lowe





Empresa: BorghiErh Lowe

Case: FUSÃO BORGHIERH LOWE



O PROBLEMA: Em dezembro de 2006, houve a fusão entre a agência de propaganda nacional BorghiErh e a multinacional Lowe. A BorghiErh Inteligência Criativa era uma agência pequena, em franco crescimento, mas distante das 50 maiores do mercado brasileiro. A Lowe era uma agência que trazia a força de sua rede mundial e que, mesmo tendo perdido a conta da Renault, ainda mantinha em sua carteira clientes do porte de Unilever e Johnson&Johnson. Era uma força gerada em grande parte do alinhamento internacional de contas. A pequena BorghiErh contava a seu favor com o diferencial qualitativo de seus dois sócios, Borghi e Erh, ex-VPs de criação da Leo Burnett e DM9DDB respectivamente, que traziam na bagagem os principais prêmios do mercado nacional e internacional. Unir duas culturas tão distintas era o desafio.


O DIAGNÓSTICO: A BorghiErh tinha apenas dois anos de operação quando a Lowe se mostrou interessada. A proposta chamou a atenção, de acordo com seus dois sócios, pela complementaridade. Mas a conversa sobre a fusão durou mais de dois anos. As negociações demoraram porque a intenção não era vender simplesmente a agência para um grupo. Eles queriam continuar à frente da gestão, mantendo a cultura de se envolver no negócio do cliente para otimizar a comunicação. O negócio só foi fechado depois que a Lowe aceitou que a gestão ficaria 100% com os sócios brasileiros, independentemente do percentual acionário da multinacional.


O PLANO: 2007 foi o ano da consolidação da fusão. Já 2008 e 2009 foram os anos de crescimento da agência. Com foco na construção de “Ideia de Valor”, que inspira criatividade e constroi marcas fortes e relevantes para as pessoas e para as empresas, a BorghiErh/Lowe seguiu construindo novos cases de sucesso para seus clientes.


A EXECUÇÃO: Em 2008 e 2009, a BorghiErh/Lowe comemorou a conquista de novas contas. A agência cresceu com a conquista de novos clientes em processos de concorrência, mas também ganhou novas marcas dentro de clientes que já estavam em casa, como Unilever e Brasil Foods, o que prova, mais uma vez, o reconhecimento do trabalho que a agência vem desenvolvendo. Entre as marcas conquistadas estão: CAIXA, UOL, Knorr e Kibon (Unilever), Skechers, Metlife, BIC, FEI, 2001 Vídeo, Cotochés e Confiança (Brasil Foods) e K-Y (Johnson & Johnson). Em 2010, conquistou Apex-Brasil, Rubbermaid, Graco, Boehringer Ingelheim (Antistax) e o lançamento da Revista Lola, da Editora Abril.


OS RESULTADOS: A agência saltou do 15 lugar em 2008 para o 3 em 2009 de acordo com o ranking Agências & Anunciantes publicado pela editora Meio & Mensagem. Em 2009 e 2010, a agência destacou-se também pela conquista de importantes prêmios nacionais e internacionais.




galeria de fotosver todas >

  • Walter Longo
  • Armando Ferrenti e Walter Longo
  • Vigor Grego
  • Nova Vigor Mix
flickr
by