vencedores - 2014

Publicado: quarta-feira, 5 de novembro de 2014

The Group Comunicação – Case: The Group – 20 anos de história




Histórico/Antecedentes/Circunstâncias
A The Group Comunicação completa duas décadas de atividades em 2015, quando o empresário Fernando Guntovitch buscava uma opção à publicidade que respondesse à necessidade de empresas anunciantes por ações below the line com valor agregado, inovadoras e capazes de atravessar a fronteira do “achou-ganhou”. O acerto da decisão empresarial transformou a The Group em uma das mais robustas agências brasileiras de live marketing, com uma característica que vai na contramão do setor: contratos de longa duração com a maior parte dos seus clientes. A Eastman Chemical está há 15 anos; o Santander, há 12; o Carrefour, há oito; e a Volkswagen e a MAN Latin America, há cinco anos. O nome The Group já deixa claro seu DNA com foco em soluções criativas e estratégicas. Esse “grupo” faz e resolve, não importam forma, conteúdos, ferramentas e estratégias. A única certeza é que será Tailor Made. A receita anual da agência é R$ 25 milhões, sem ações de mídia. Nesses 20 anos, administrou recursos dos seus clientes superiores a R$ 1 bilhão. Qual é o segredo do sucesso da The Group? Manter uma pegada de startup ou se reinventar diariamente para não cair na comoditização. Essa inquietude permanente foi decisiva logo nos primórdios. No primeiro ano, a agência foi convidada e aceitou participar da holding independente WPI (Worldwide Partners Inc.) que abriga cerca de 100 agências em 56 países e que contabiliza faturamento anual superior a US$ 3,5 bilhões.

Problema/Desafio/Oportunidade
Em uma era em que consumidores e shoppers estão cada vez exigentes e conectados, o conhecimento dos movimentos dos consumidores sempre foi e continua sendo o maior desafio da The Group. Às vésperas de completar 20 anos, a agência se questiona: como manter a cabeça de startup? A resposta: enxergar os elementos de mudança como algo positivo e como um desafio.

Plano

Orientam os passos da The Group: 1. inquietude permanente; 2. desejo contumaz pela diferenciação; 3. estar sempre aberta à mudança; 4. enxergar a mudança como algo positivo e indolor; 5. pensar como uma startup. Implementar uma estratégia de ousadia, diferenciação e, principalmente, inovação é o que guia a The Group. Por isso, não se apega a modelos e processos estereotipados. “Temos uma alma inquieta”, resume Guntovitch.

Execução/Ativação
Para consolidar o molde de startup permanente, a The Group investe em recursos humanos e internacionalização. Um exemplo é a participação, desde 2012, de Douglas Gomes, responsável pela área de planejamento, em um dos mais importantes eventos de inovação e tecnologia, o SXSW, viralizando seus aprendizados com profissionais da agência e cada cliente. Além disso, Guntovitch é hoje o atual chairman da rede internacional WPI. “Funcionamos (a WPI) como se fôssemos uma grande multinacional, mas com gestão independente e farto conhecimento local”, explica. O know-how da rede permitiu à The Group formalizar uma “prateleira de ideias”. “Fazemos um apanhado mensal de ações diferenciadas em pontos de venda de todo o mundo e abastecemos a prateleira. O Carrefour recebe quase que em tempo real o que de melhor está sendo realizado no seu segmento, sem perder tempo para colocar em prática”, ressalta Guntovitch. E a The Group não se cansa de buscar novas sinergias. Em dezembro deste ano, por exemplo, vai levar executivos da Volkswagen e da Diageo para participar em Londres do evento “Most Contagious”, organizado pela revista Contagious, focada em inovação mercadológica. A The Group abriu ainda um ponto avançado em Nova York, contratando o executivo Demian Waldman para focar em novidades para o desenvolvimento de novos negócios. Um deles é o mercado farmacêutico, que demanda ações de comunicação, mas é muito regulado. Foi por este ponto avançado que conheceu a ferramenta PMS (Precisious Management System), que contabiliza mais de 97% de acertos nos cruzamentos que faz com informações de consumidores nas redes sociais.

Resultados
Reconhecimento no mercado, sobretudo pela fidelização de clientes, em um segmento acostumado a concorrências “job a job”; Prêmios na categoria como Globe Awards e Prêmio Colunistas; Participação em seminários/fóruns, que garante a possibilidade de executar o “plano”, investindo em inovação e inspiração; 7.300 dias de trabalho para os seus clientes e a produção de mais de 18 mil jobs; 36 mil horas ou 1.500 dias em reuniões de brainstorm; Mais de 35 mil KVs e mais de 90 mil peças de criação; Movimentação de mais de R$ 1 bilhão; Mais de 450 milhões de cupons impressos em promoções; Mais de 2,5 milhões de pessoas convidadas para os eventos realizados.

galeria de fotosver todas >

  • Walter Longo
  • Armando Ferrenti e Walter Longo
  • Vigor Grego
  • Nova Vigor Mix
flickr
by