vencedores - 2011

Publicado: sábado, 1 de janeiro de 2011

Nacional Gás Butano Distribuidora – Caminhos da arte






CASE NACIONAL GÁS BUTANO DISTRIBUIDORA: CAMINHOS DA ARTE


OBJETIVO Criar oportunidades para estudantes, cerca de 10 mil entre 11 e 14 anos e professores de 184 municípios do Ceará de realidades sócio-econômicas adversas, com uma vivência educativa prática sobre a história do Brasil, a partir do acesso à arte e à cultura. Possibilitar aos professores acesso e conhecimento de caráter prático, para depois serem aplicados em sala de aula. Sensibilizar os estudantes para a importância da história do Brasil, a partir da arte e de vivências que se somam ao conteúdo trabalhado nas escolas. Propiciar a cada estudante participante a chance de apreciar obras de arte que recontam partes significativas da história do Brasil e do mundo. Despertar a atenção dos gestores municipais para iniciativas que valorizam a arte e cultura, e a história do Brasil. Promover assim, a multiplicação dos conhecimentos adquiridos pelos estudantes participantes nas suas cidades de origem, junto aos professores, amigos e familiares. Esses foram os objetivos da Nacional Gás distribuidora de GLP com o Projeto Caminhos da Arte.


PLANO O desafio de ampliar a visão de mundo das crianças e jovens para continuar mantendo o interesse pela Escola fez com que o Projeto Caminhos da Arte da Nacional Gás, utilizasse ferramentas de sucesso já empregadas nas ciências sociais, inserindo milhares de crianças e adolescentes em experiência novas de mundo, despertando a importância da educação, através da arte e da cultura. O plano começa com a desterritorialização dos estudantes, a partir da chance de conhecer Fortaleza e de vivenciar inúmeras possibilidades de interação. Ao deslocar estudantes em fase plena de desenvolvimento para vivências sem a companhia dos pais, possibilitou um leque de possibilidades. Além disso, a convivência nos hotéis turísticos onde ficaram hospedados e o respeito e a dignidade com as quais foram tratados, levam ao discernimento sobre o conceito de cidadania. Ver as obras de quatro exposições, enxergar mais da história do Brasil, a partir de fotos, imagens, publicações e documentos originais, é inserir cada aluno no circuito cultural comum a outras grandes cidades ou Estados.


EXECUÇÃO O processo envolveu os revendedores da Nacional Gás estabelecidos nos municípios cearenses e as prefeituras das 184 cidades do Estado, que se mobilizaram para selecionar uma escola para representar a cidade e integrar a iniciativa. As escolas por sua vez selecionaram os alunos, com idades entre os 11 e os 14 anos. Um grupo por instituição de ensino formado por cerca de 46 estudantes e três professores. Foram produzidos ofício de apresentação e sensibilização para a importância da iniciativa para o revendedor, prefeito e diretor de escola.
Para os estudantes e educadores os materiais distribuídos contou com lista de presença (com os contatos de todos os responsáveis), crachá de identificação, kit educativo, com estojo, lápis e material informativo das exposições. Já para os colaboradores da Nacional Gás foram feitos malas diretas, material institucional de divulgação alocado na sede da empresa, como empena e adesivos em elevadores, além de cartazes e panfletos. Para a sociedade, a iniciativa foi comunicada a partir do amplo interesse da imprensa, como revelam os números: 63 citações em jornal impresso, 235 matérias em TV e 394 inserções em rádio. Feito o trajeto cultural, cada criança foi convidada a deixar suas impressões sobre o Caminho da arte. Diariamente, durante os meses de março e abril de 2011, oito escolas visitaram a Unifor (entre os turnos da manhã e da tarde), cumprindo com a visitação a quatro exposições (dentre elas a Coleção Brasiliana Itaú) e à biblioteca da Universidade.



RESULTADOS - O valor investido no Projeto Caminhos da Arte, incluindo os custos com alimentação, transporte e hospedagem, chegou a R$ 1milhão (hum milhão de reais). Com essa iniciativa a Nacional Gás, trouxe para Fortaleza 10 mil crianças e adolescentes de escolas públicas para visitar exposições de arte na Universidade de Fortaleza (Unifor), uma das melhores instituições de ensino superior do Nordeste. Além de conhecer a capital do Estado, os estudantes, advindos dos 184 municípios cearenses, puderam compartilhar vivências e conhecimentos no campus da Unifor. Tiveram ainda, a chance de se aproximar da arte e da cultural a partir da desmistificação do que vem a ser uma exposição de obras artísticas. Dentre as exposições visitadas pelos estudantes estava a Coleção Brasiliana Itaú, cujo acervo, formado por mais de 300 peças (entre pinturas, fotografias e documentos), ajuda a recontar parte significativa da história do Brasil. Com toda a infra-estrutura de transporte, hospedagem e alimentação, a Nacional Gás, em meio as comemoração de seus 60 anos, propôs-se ao importante desafio de incentivar professores e educadores a continuarem valorizando a educação como ferramenta de mobilização e transformação social.



flickr

galeria de fotos ver todas >

  • Foto 1
  • Foto 2
  • Foto 3
  • Foto 4
by