vencedores - 2011

Publicado: sábado, 1 de janeiro de 2011

PepsiCo South America Foods – Gincana vida sustentável






CASE PEPSICO: GINCANA VIDA SUSTENTÁVEL


Histórico/Antecedentes/Circunstâncias: Por seu porte e abrangência global, a PepsiCo South America Foods tem plena consciência de sua responsabilidade com o planeta. Considerando o seu público interno na América do Sul, 21 mil colaboradores que, somados às suas famílias numa média de quatro pessoas por família, totalizaram 84 mil pessoas diretamente influenciadas pela companhia, a questão a ser resolvida do ponto de vista da sustentabilidade é a criação de cultura, a mudança de mentalidade no sentido de criar hábitos que não prejudiquem o bem-estar das futuras gerações. A companhia entende que ações de conscientização focadas no público interno fazem com que, na prática, o funcionário se torne um grande aliado dos propósitos da empresa, o verdadeiro responsável pelo sucesso das ações de Sustentabilidade e pelo alcance das metas.


Problema/Desafio/Oportunidade: Diante dos resultados das primeiras iniciativas de educação para a sustentabilidade, da Pepsico South America a companhia sentiu a necessidade de desenvolver uma ação mais arrojada, que provocasse o impacto em mais pessoas também fora do contexto da PepsiCo, mas que não deixasse de envolver os colaboradores de forma direta.


O Plano: Em junho de 2010 foi lançada a Gincana Vida Sustentável, a primeira gincana de Sustentabilidade da PepsiCo South America Foods. Para a Pepsico o funcionário consciente, desenvolve seu próprio compromisso com o meio ambiente, contribuindo ainda mais dentro das fábricas, centros de distribuição ou pontos de venda para a sustentabilidade do negócio, seja por meio de oportunidades de melhoria na ecoeficiência, seja por meio de ideias criativas para gerar uma mudança efetiva. A estratégia utilizada para o alcance dos objetivos foi fixar a gincana nas práticas pessoais dos próprios colaboradores, ou seja, mostrar que em paralelo aos esforços da empresa pelo desenvolvimento sustentável, as práticas estão presentes na vida de cada pessoa, muitas vezes sem que ela mesma se dê conta disso. O apelo utilizado na campanha interna da gincana foi mostrar que cada pessoa é protagonista de mudanças que podem beneficiar todo o planeta. Por isso, pequenas ações como o uso de lâmpadas eficientes em casa, a separação de lixo, o racionamento e reúso da água, a confecção de objetos de decoração com material reciclável estiveram presentes entre os bons exemplos inscritos.


A Ativação: A gincana convidava os 21 mil funcionários a contarem suas próprias histórias de cuidado com o meio ambiente, numa proposta de concurso divertido e criativo pelo envolvimento dos colaboradores da companhia. O site da gincana na internet continha todos os detalhes, regulamento, ficha de inscrição, além de 500 dicas de atitudes sustentáveis. Uma grande campanha se estendeu por todas as operações na América do Sul, por meio de vídeos, banners, wallpapers, mensagens pela internet, além de reuniões entre os colaboradores e suas lideranças. Na primeira etapa do concurso, os colaboradores inscreveram suas histórias pessoais de sustentabilidade, totalizando 3,4 mil inscrições. A partir das inscrições, uma rigorosa seleção foi feita, selecionando os dez finalistas, que contaram as dez melhores histórias pessoais de sustentabilidade. Essas histórias foram cuidadosamente filmadas e disponibilizadas no site da gincana.
Foram sete países e dez personagens, gravados no ambiente de trabalho e em casa, mostrando suas práticas sustentáveis. Já disponíveis no site, as histórias dos finalistas proporcionaram a segunda etapa da gincana, a votação aberta ao público. Para vencer o concurso, cada finalista empreendeu sua “campanha particular” entre familiares e amigos, com o objetivo de estimular a votação. A companhia considera esta a melhor forma de difusão do conceito de desenvolvimento sustentável, uma vez que as pessoas são convidadas a entrar no site, assistir as histórias e votar, sendo automaticamente impactadas pelas dicas e vídeos com o apelo do cuidado com o meio ambiente.


Resultados: A história vencedora foi de um supervisor de vendas chileno que construiu uma casa sustentável para desfrutar de seus momentos de lazer ao lado da família. Com 16,4% dos votos, o Mauricio Prieto, morador de Puerto Montt, venceu a gincana com uma casa, construída com suas próprias mãos para passar os finais de semana com a família. Feita de madeira reciclada, a casa conta com um sistema de tubulação que capta a água das chuvas e a leva para os vasos sanitários e para a irrigação da estufa, também produzida com materiais reciclados. As plantações, adubadas com mariscos, incluem alface, cenoura e batatas para consumo próprio da família, cujos membros contribuem com o projeto como podem. Alguns levam mudas de flores, outros levam materiais de construção. E assim, a residência no município de Quellón tomou forma sob os cuidados de Maurício e passou a ser o lugar predileto da família.
Entre os dias 15 de novembro e 19 de dezembro de 2010, a votação cresceu num ritmo impressionante. Ao final, 13.850 pessoas de 64 países diferentes – como Emirados Árabes, Tailândia, Nova Zelândia, Angola, Moçambique, Alemanha, Reino Unido, Bósnia e Herzegovina, entre outros - elegeram a melhor prática. Para a PepsiCo South America Foods, que tinha uma meta de 10 mil votos, o resultado foi surpreendente não somente pela superação do número proposto de votos, mas especialmente pelos países de onde vieram os votos. A expectativa inicial era obter com a gincana uma votação basicamente na América do Sul. No entanto, as redes de relacionamento dos finalistas comprovaram que a divulgação do concurso superou qualquer limite geográfico, com uma votação que partiu dos cinco continentes.


Comentários Finais: A divulgação do concurso superou qualquer limite geográfico, com uma votação que partiu dos cinco continentes.



flickr

galeria de fotos ver todas >

  • Foto 1
  • Foto 2
  • Foto 3
  • Foto 4
by